There was an error in this gadget

Wednesday, May 24, 2006


Minha Viola Morena

by Judas Isgorogota






Morena, vá lá no quarto,
me traga a viola aqui;
quero-a com todas as fitas
que esvoaçando parecem
as asas de um bem-te-vi;
quero-a deitada em meu peito,
as suas cordas cantando
as mágoas que já senti...

Minha viola morena
tem corpo de mulher-dama,
tem gosto de sapoti,
tem cheiro de madrugada,
gemidos de juriti...

Morena, a minha viola
é o coração amoroso
que tenho plantado aqui...

Morena, a minha viola
é caipirinha dengosa;
se tu tens ciúme dela,
minha viola, morena,
não tem ciúmes de ti...

Ela se deita comigo,
comigo sonha e padece,
comigo pita e se afina
com um trago de parati...

Morena, a minha viola
é a mais mulher que já vi...

2 comments:

Anonymous said...

muito legal

Daniela Nadvorny said...

esse judas isgorogota é excelente poeta! linda poesia!bjus...